Design Space: tutorial para iniciantes

Compartilhe:

Você já tem sua Cricut e os materiais que precisa para dar vida aos seus projetos, agora só falta um empurrãozinho para começar a criar. E, para isso, você tem que conhecer o Design Space, um software completo que vai facilitar o seu processo de criação. Quer saber mais sobre ele? Venha comigo!

Conhecendo a ferramenta

Completo, responsivo e intuitivo, o Design Space é um software incrível! Além de ser o local ideal para criar seus projetos, ele oferece muitas ferramentas para manter seu instinto criativo sempre ligado. Eu até concordo que ele pode parecer meio difícil de usar no começo, mas relaxa! Eu estou aqui para ajudar você a tirar suas ideias do papel. 

Antes de mais nada, você tem que entender que o Design Space está aqui para dar toda a liberdade que a sua criação precisa para ser única, ter a sua cara. Por isso, além de disponibilizar imagens prontas para usar em cada projeto, você ainda tem a opção de importar suas próprias. Vamos aprender como editar as imagens lá dentro?

Design Space: editando imagens prontas

Abra o software e acesse a opção “imagens”, dentro do Design Space. Como eu já falei antes, são muitas opções de imagens. Mais de 400 mil no total e aumentando a cada dia, todas separadas por categoria. Assim, fica muito mais fácil encontrar a perfeita para o seu projeto. 

Agora é só escolher a sua favorita e começar a trabalhar. Ah, e se você precisar de mais de uma imagem, é fácil, basta segurar a tecla “CTRL” e selecionar as imagens que você escolheu. Caso você desista de colocar alguma, é só clicar na própria imagem mais uma vez, ou no “X” no canto inferior direito, onde está a miniatura do desenho.

Altere os componentes de cada imagem

Você já escolheu as imagens que queria, agora vamos trabalhá-las. Note que ao abri-las, no canto superior direito, você vai ver a opção “camadas”. Lá, você vai encontrar um monte de segmentos montados que fazem parte da composição geral da imagem. Quer uma dica? Não deixe de prestar atenção em cada camada, já que é a partir delas que você vai poder fazer a edição da forma, das cores e do tamanho da sua imagem.

Por exemplo, para mudar a cor do desenho que você optou, é só selecionar uma parte da camada, escolhendo quais elementos você quer que mudem, ir em “camadas”, no canto superior esquerdo, e escolher a cor que você quer.

Descubra novas formas de desenho 

Aproveitando que você já descobriu o caminho das “camadas”, no canto superior esquerdo da tela, aproveite para definir diferentes tipos de formas para o seu desenho. Recorte, desenhe, ponteie, estampe, grave, ondule ou perfure. Distribua detalhes em camadas diferentes, separando cada componente para montar sua imagem depois. Você pode usar cada ação dependendo do projeto que você tem em mente. Ah, e sabe o mais legal? Você pode ver como a imagem vai ficar depois que você terminar! Agora precisa dar uma olhada em como os componentes da imagem vão ser trabalhados pela sua Cricut. 

Você já editou a imagem que o programa disponibilizou, sabe como separar cada componente e selecionou a forma que quer trabalhar. Vamos aprender a anexar imagens e importar desenhos próprios no programa?

Anexando imagens no Design Space 

Uma dica, se você quiser que as camadas da sua imagem não se separem durante seu processo de criação, é só ir no canto superior direito da sua tela e clicar na opção “anexar”. 

Assim, as camadas da sua imagem se juntam e os componentes ficam agrupados do jeito que você precisa. Eu recomendo essa opção principalmente para quem vai trabalhar com impressão seguida de recorte.

Faça o upload das suas imagens 

Agora vamos supor que você tem uma imagem própria, feita por você, e quer abri-la no Design Space para criar um projeto totalmente autoral. Pode parecer meio difícil a princípio, mas eu vou ensinar um jeito bem fácil de fazer isso.

Vou começar com uma imagem simples, com poucos componentes. Abra um novo projeto e vá na opção “carregar”. Lá, você pode fazer o upload de imagens básicas ou vetoriais nos formatos que são comportados pelo software. É só clicar em “carregar imagem” e escolher o arquivo que você quer trabalhar.

O legal desse programa é que ele oferece 3 opções relacionadas à complexidade da sua imagem. Quanto mais detalhes, cores e camadas você usou, mais complexa ela se torna. Então é só escolher qual opção se encaixa melhor no seu projeto e clicar.

Edite suas imagens no Design Space 

Já fizemos o upload da sua imagem, a próxima etapa é saber como editá-la, caso você ache que ela precise de ajustes. Por exemplo, experimente pegar a sua imagem e tirar o fundo colorido de uma parte em específico, seguindo os passos que discutimos lá atrás. Viu como é fácil? 

Editou sua imagem? Ela está do jeito que você tinha imaginado? Ótimo! Agora você será redirecionado à etapa em que vai escolher a finalidade do seu projeto.

Dá para ver nesse exemplo que o programa apresenta 2 opções? Na primeira, você pode salvar a imagem para imprimir e recortar, mas aqui alguns detalhes do fundo ainda estão visíveis. Já na outra opção, os componentes finais ainda podem ser modificados durante a edição da sua imagem. Vamos com essa.

Quando você salva, sua imagem vai aparecer nessa página. Agora, é só inseri-la e seguir para o último passo. Aqui, como vimos lá atrás, você vai poder editar a cor, o tamanho e a forma da sua imagem, além de anexar outras para compor seu projeto.

Faça Print and Cut no Design Space 

Bom, até agora você já sabe como escolher e editar as imagens disponíveis no Design Space, sabe como importar sua própria imagem e editá-la para impressão e corte. Chegou a hora de aprender a fazer o Print and Cut usando o software da Cricut. Essa técnica é essencial para quem trabalha com papelaria e precisa criar projetos coloridos como caixinhas, adesivos, cartões ou etiquetas, tudo personalizado. A ideia aqui é imprimir suas imagens e depois cortá-las com a Cricut.

Print and Cut: o passo a passo 

Passando pelo processo de upload de imagem que a gente viu logo acima, você vai escolher o tipo de imagem. Lembre-se de testar todas as opções disponíveis antes de decidir qual você quer usar.

Exclua o fundo da imagem e deixe só a base que você vai realmente precisar. Como vamos imprimir e já cortar, depois que tiver tudo nos conformes, é só clicar na opção “salvar como imagem, imprimir e cortar”.

O software deixa você dar uma olhada em como seu projeto vai ficar, enquanto você configura sua Cricut para começar o processo. Não esqueça de usar o papel adequado, se você estiver pensando em fazer adesivos! Depois de impresso, é só configurar a plotter na opção de recorte e esperar uns minutinhos. 

Eu acho o máximo o quanto essa máquina é inteligente para cortar detalhes. Fica perfeito! Além de adesivos, você ainda pode fazer uma infinidade de lembrancinhas, desde cartões decorativos a convites de casamento. Tudo depende do seu projeto! 

Bom, hoje aprendemos o básico para começar a usar o programa Design Space da Cricut. Agora você já pode começar a usar sua imaginação e tirar projetos do papel. 

E aproveitando o embalo, semana que vem, a gente vai aprender a fazer um cartãozinho personalizado usando o Design Space e a sua Cricut! 

Então, beijo no core e até a próxima! 

Você pode gostar...