Criatividade: Saiba como exercitar a sua

Compartilhe:

Se você for como eu, sei que a criatividade é uma habilidade indispensável na sua vida, afinal, quem trabalha com arte precisa estar sempre inovando e usando a imaginação. E pensando em ajudar você a espantar o bloqueio criativo, eu separei algumas dicas que vão manter sua criatividade sempre aguçada e seu processo criativo sempre no ponto. Vamos lá? Vem comigo.

Exercite sua criatividade em 5 passos simples

Relaxa, exercitar e desenvolver a criatividade pode parecer um bicho de 7 cabeças a princípio, mas é mais fácil do que parece. Talvez, você precise só de um empurrãozinho para saber como organizar seus pensamentos e aplicar o que aprende no dia a dia na sua vida criativa.
Espera, vou apresentar os passos a seguir e você vai entender melhor o que eu quero dizer. Olha só:

1 – Inspire-se

O primeiro passo para desenvolver sua criatividade é ficar de olho no que você se inspira. As referências que você segue são importantíssimas no estímulo da sua própria criatividade, porque é a partir delas que você descobre novas formas de ver determinado assunto e criar algo totalmente novo a partir disso.
Só não vá se empolgar com suas referências e sair copiando as ideias dos amiguinhos, tá?

2 – Observe

Antes de sair criando projetos por aí, experimente observar de uma forma mais crítica os assuntos que você gosta ou já tem o costume de acompanhar. Esses assuntos podem ter ou não relação direta com o seu trabalho, por exemplo, eu simplesmente amo vídeos de culinária, que não tem nada a ver com o que eu faço. Porém, nada impediu que a partir de um desses vídeos eu me inspirasse a criar uma agendinha em formato de cupcake com a minha Cricut.
As melhores ideias vêm de onde você menos espera, por isso é bom estar sempre de olho!

3 – Leia e escreva

Bom, este terceiro passo eu indico para estimular a criatividade, mas é algo que você pode fazer até para passar o tempo, sem compromisso. Além de abaixar os níveis de estresse que você acumula no dia a dia, ler e escrever ainda pode melhorar sua memória, atenção, imaginação e, consequentemente, sua criatividade. Afinal, é cientificamente comprovado que a leitura e a escrita (à mão, tá?) ajudam no nosso processo cognitivo.
Você não precisa ler ou escrever sobre um assunto específico. Apenas dê o primeiro passo, que você acaba soltando mão naturalmente.

4 – Pintereste-se

Se você trabalha com sua imaginação e ainda não tem uma conta no Pinterest, tá esperando o que, criatura? Por ser um site que acompanha as principais tendências e divulga as ideias mais incríveis, o Pinterest é uma ferramenta muito importante para o seu processo criativo. Lá, você pode criar suas pastas com basicamente tudo o que você se interessar, não necessariamente apenas produtos.
A ideia é que você faça uma seleção com tudo que te inspire! Só se lembre de não cair na besteira de sair copiando, hein?

5 – Descanse

Por último, coloque uma coisa na sua cabeça, “ninguém é criativo o tempo todo”. Se precisar, escreva esse mantra e cole no espelho, porque, por mais que você se sinta improdutivo enquanto descansa, é durante esse período que seu cérebro organiza as informações que você aprendeu e devolve em forma de criatividade.
Vou repetir aqui só para você não esquecer mesmo: ninguém é criativo o tempo todo, por isso descanse!
Bom, eu espero que o post de hoje tenha ajudado a colocar sua criatividade no lugar. E aproveitando o embalo, agora que você já sabe como usar a imaginação a seu favor, no próximo post eu volto com dicas de como aumentar a sua produtividade! Afinal, criação não é nada sem ação.
Então, beijo no core e até a próxima!

Você pode gostar...