CRICUT + FELTRO

Compartilhe:

Será mesmo que a Cricut corta feltro?

Vou mostrar aqui tudo sobre as máquinas de corte da Cricut e suas inúmeras possibilidades para deixar os trabalhos em feltro ainda mais lindos e encantadores, com muita produtividade e criatividade.

Meu nome é Elaine Oliveira, eu sou artesã e professora de artesanato em feltro.

E agora, depois de um ano criando dezenas de projetos com a Cricut, posso garantir que essa é a melhor escolha para quem trabalha com o feltro.

Minha maneira de criar e produzir peças em feltro se transformou desde o dia em que eu recebi minha Cricut Maker. Com ela, tenho possibilidades que nunca imaginei. 

Já foram muitas peças criadas do zero, de forma prática e rápida.

E é isso que eu quero mostrar para vocês, além de esclarecer todas as dúvidas que recebo diariamente em relação às máquinas e seu uso com o feltro.

Então vamos lá…

Para cortar feltro ou tecidos, a máquina de corte deve ser da família Maker, onde temos a Maker e a Maker 3. Ambas as máquinas podem cortar mais de 300 tipos de materiais, desde os mais leves como papéis de diferentes texturas e gramaturas, tecidos diversos, acetato, vinil, transfers, cortiça fina, película de gel, EVA, manta magnética até materiais mais espessos, porém macios com até, no máximo, 2,4mm de espessura, como o papel Hörlle, o chipboard e a madeira balsa. Além disso, ela também desenha, grava, faz baixo relevo entre outros efeitos muito legais com as ferramentas e lâminas de troca rápida.

Elas utilizam o Design Space, que é o aplicativo da Cricut, para planejar os projetos.

A lâmina para o corte do feltro é a rotativa, mas nelas conseguimos utilizar diversas ferramentas e lâminas para funções adicionais, como falei anteriormente. 

Entre a Maker e a Maker 3 há pequenas diferenças, como por exemplo, a Maker 3 tem o dobro da velocidade de corte da Maker e também é mais silenciosa. 

Mas é a utilização dos materiais Smart que fazem a diferença, pois eles permitem cortar sem a base e assim cortam peças mais extensas de vinil, transfer e papel adesivo da Cricut. 

Porém, como o nosso foco é o feltro, você pode utilizar qualquer um dos dois modelos Maker.

A Cricut Maker já acompanha uma caneta preta para papel, uma base de corte rosa, que é a indicada para tecidos, uma lâmina rotativa, uma lâmina de ponta fina para o corte de diversos tipos de materiais leves e uma base de corte azul que é de leve fixação também indicada para materiais mais finos e leves. Já a Maker 3 vem com uma lâmina de ponta fina. As demais ferramentas, você terá que adquirir à parte. 

Importante ressaltar que o modelo Maker 3 é a última geração da linha, ou seja, a Cricut vem inovando em tecnologia a cada modelo lançado.

O caminho certo para você, realmente, dependerá do seu orçamento e se você usará ou não os recursos adicionais que podem fazer a Maker 3 valer o investimento. 

Então, agora que já sabemos qual é a máquina indicada para feltro, vamos colocar a mão na massa e produzir uma peça do zero?

Vamos produzir um lindo enfeite de porta natalino. Para fazer essa peça, vamos precisar de:

  • feltros em diversas cores
  • enchimento
  • manta acrílica
  • cordão
  • argola
  • transfer iron-on
  • caneta infusible ink

Clique aqui para abrir este projeto no Design Space.

Vamos abrir o Design Space e começar a criar. Ele pode ser usado também em dispositivos móveis tanto para sistemas Android como iOS.

Aqui, encontramos diversos projetos já prontos, mas você também pode criar o seu do zero, utilizando as formas, fontes e imagens disponíveis. E é isso que vamos fazer!

Outra coisa bacana é que é possível importar para cá, os seus moldes que estão em pdf, mas antes você precisa transformá-los em formato SVG através de um editor de imagens, como o inkscape por exemplo e depois carregá-los para o Design Space.

Se os seus moldes não estiverem vetorizados, você deverá fazer esse processo antes de importá-los para o Design Space para um resultado mais refinado, ou você pode “limpar” o molde no próprio DS na hora de importar o arquivo.

Com o desenho pronto, vamos para o corte.

O design space é muito intuitivo, o que facilita sua utilização, mesmo que seja a primeira vez que você esteja usando. Ele vai mostrando passo a passo o que fazer.

Veja só, os moldes já foram distribuídos nas bases de acordo com as cores que você vai usar, então basta organizar o feltro como mostrado na tela, essas linhas na base nos dão a orientação de posicionamento.

A base indicada para feltros e tecidos é a rosa, pois ela tem a aderência da cola perfeita para esse tipo de material.

A conexão entre o Design Space e a máquina pode ser via bluetooth ou cabo USB, por isso, você pode utilizar somente o cabo de energia, se preferir. Uma maravilha isso!

Com os feltros já distribuídos nas bases, vamos selecionar o material aqui na tela. Vou escolher o felt acrylic e o Design Space vai me mostrar qual é a lâmina indicada.

Para feltros e tecidos, devemos usar a lâmina rotativa. 

Ao encaixar a lâmina na Maker, ela fará o reconhecimento, caso você coloque a lâmina errada, ela vai avisar para que você efetue a troca. Muito inteligente, né?

Agora você pode escolher a pressão que será exercida sobre a lâmina. Eu uso sempre a padrão, mas caso seu feltro seja um pouco mais grosso, poderá colocar mais pressão ou vice-versa.

Veja que a máquina emite os sinais luminosos em cada botão, indicando qual deverá ser pressionado. Não disse que ela era super intuitiva?

Ela fará o reconhecimento da área da base e se estiver tudo certo, irá piscar o botão para dar o play e assim, começar o corte.

Corte finalizado, vamos descarregar a base e ir para a melhor parte, tirar nossos recortes dela. O corte é tão perfeito que suas peças ficarão ainda mais lindas.

O tamanho mínimo recomendado de corte com a lâmina rotativa é a medida do diâmetro de um lápis, menor que isso o resultado pode não ser o esperado. Também recomenda-se que o espaço entre as linhas de corte tenha, pelo menos, 1,9cm, por isso não é indicado cortes muito intrincados com a lâmina em questão.

Ah, e você poderá utilizar o feltro do jeitinho que ele sai da fábrica ou utilizá-lo tratado, se for de sua preferência. Fiz aqui com os dois tipos para mostrar que a eficácia é a mesma em ambos os feltros.

Vou aproveitar que estou aqui com a mão na massa e cortar um outro tipo de material, o Iron-on, que é um filme de recorte termocolante da Cricut, com ele podemos fazer diversas coisas, e eu vou utilizá-lo para fazer a palavra Feliz Natal que será aplicada na placa que vai em nossa peça.

O processo de criação do projeto é o mesmo, o que vai mudar nesse caso é a configuração do material, a base utilizada e a lâmina.

A lâmina indicada para esse material é a de ponta fina, que já vem com a máquina, e a base recomendada é a verde.

Então, basta seguir todo o passo a passo que o Design Space nos dá e já temos outro material cortado e pronto para uso.

Ah, sempre que for trabalhar com transfer (Iron-On) não esqueça de ativar a função “espelho”, pois aqui, o corte é feito do lado avesso do material.

Após o corte vem uma das minhas etapas preferidas que é a depilação, com o gancho vamos retirar todo o excesso do transfer sobre a mesa de luz, que nos ajuda a ver até os pequenos detalhes do corte.

Outra coisa que vou fazer aqui para incrementar nosso trabalho é utilizar a caneta sublimática da cricut, da linha Infusible Ink. Com ela, podemos escrever e desenhar.

Isso mesmo, a Cricut Maker também desenha! Basta selecionar a função “escrita” no Design Space e seguir as orientações. Ah! Lembre-se também de espelhar o projeto! 

Observe que temos aqui um compartimento exclusivo para caneta. Então, vamos encaixá-la e escrever no papel comum mesmo, o sulfite. Recomendo o de 120g, mas se tiver o sulfite padrão, também dá certinho!

Materiais todos cortados e preparados, hora de montar nossa peça.

Vou começar a montagem da peça aplicando as palavras nos cortes de feltro com a ajuda da Easy Press Mini, que é uma prensa ideal para peças pequenas e detalhes delicados.

Ao utilizar a Easy Press, devemos ficar atentos às recomendações do guia de calor da Cricut para garantir maior eficiência em nosso trabalho.

Para cada tipo de material, uma configuração diferente… Preste atenção para evitar danos ao seu trabalho.

Com todas as palavras aplicadas, vamos costurar os corações e a placa.

Nos corações, vou colocar enchimento para deixá-los bem fofos e na placa vou utilizar uma manta para estruturar; Ah, só lembrando que a manta também pode ser cortada na Cricut, desde que ela tenha até 2,4mm de espessura. Com as mesmas configurações do feltro, só troco a base rosa pela roxa, que é mais aderente.

Vamos montar o laço, colando as pontas no centro e depois juntando todas as partes.

Peças prontas, agora, vamos amarrar na argola dois fios de cordão. Utilizei o encerado, com 80 cm cada um, formando 4 pontas de 40 cm, onde vamos distribuir os corações com a ajuda de uma agulha grande.

Passe cola quente na parte de baixo da argola e cole o laço.

Agora, passe a cola atrás do laço e cole a placa.

Está pronto seu enfeite de porta e você terá um trabalho encantador em suas mãos, feito de forma rápida e eficiente com os equipamentos da Cricut.

Espero que você tenha gostado desse texto, onde eu tentei responder quase todas as dúvidas que recebo diariamente lá no Instagram, mas se ainda ficou com alguma dúvida, deixe-a aqui nos comentários. Você pode conferir no nosso canal do YouTube um vídeo com passo-a-passo.

Não se esqueça de seguir a Cricut Brasil nas redes sociais. 

Até mais.

Você pode gostar...